sábado, 30 de abril de 2016

Jesus é Senhor do Sábado (2.23-28)

Jesus é Senhor do Sábado (2.23-28) Depois de tratar a questão do jejum, o Senhor Jesus deparou-se com outro questionamento desta feita só pelos fariseus, que foi a questão da guarda do sábado. O texto relata que ao passar pelas searas os discípulos colhiam espigas de trigo num dia de sábado para comer. (É importante observar que na época qualquer pessoa que tivesse fome poderia entrar numa plantação de outrem e colher o necessário para comer. A lei mosaica autorizava isso). (Dt 23.25). Uns fariseus que acompanhavam Jesus em suas caminhadas censuraram o que os discípulos do Senhor faziam naquele sábado. Essa observação deu ensejo ao Senhor Jesus explicar o verdadeiro sentido do sábado, que fora feito por causa do homem, bem como revelar a sua autoridade como Deus sobre esse dia, e para isso aproveitou para citar um episódio do Antigo Testamento em que um preceito da lei mosaica fora violado por Davi e seus companheiros, que estavam com fome e comeram dos pães da proposição (consagrados ao Senhor) o que era privativo aos sacerdotes do Senhor. Essa questão do sábado irá acompanhar Jesus em quase todo o seu ministério a ponto dos judeus religiosos dizerem que Jesus não era de Deus porque fazia milagres nos dias de sábado. “Então alguns dos fariseus diziam: Este homem não é de Deus; pois não guarda o sábado...” Jo 9.16. Pr. Eudes Lopes Cavalcanti

Nenhum comentário: