quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O Maior no Reino dos Céus (9.33-37)

Reflexões no Evangelho de Marcos O Maior no Reino dos Céus (9.33-37) Numa de suas idas à Cafarnaum, o Senhor Jesus observou que os seus discípulos vinham discutindo acaloradamente. Em sua casa naquela cidade, Jesus perguntou o que eles discutiam pelo caminho, e eles receosos ficaram em silêncio e não deram resposta ao que o Mestre perguntara. Como Jesus sabia como Deus que era o que eles discutiam egoisticamente (quem seria o maior no Reino de Deus), aproveitou o ensejo para ensinar-lhe que no Reino de Deus, quem quisesse ser o maior fosse o menor, e quem quisesse ser o primeiro fosse o último, dando-lhes uma expressiva lição sobre humildade. Em seguida, Jesus tomou uma criancinha em seus braços e disse para eles: “Qualquer que receber uma destas crianças em meu nome a mim me recebe; e qualquer que a mim me receber recebe não a mim, mas ao que me enviou” Mc 9.37. Com estas palavras o Senhor Jesus estava dizendo para eles que ao invés do sentimento egoísta que enchia os seus corações, eles deveriam ter um coração sensível, amoroso, receptivo para receber a todos em seu nome, inclusive as criancinhas. Nesta mesma passagem bíblica, o Senhor Jesus revelou a grande verdade da profunda união que ele tinha com o Pai Celeste, a ponto de dizer que quem O recebe, recebe ao Pai que o enviou. Pr. Eudes Lopes Cavalcanti

Nenhum comentário: