quarta-feira, 12 de outubro de 2016

A Confissão de Pedro (8.27-33)

Reflexões no Evangelho de Marcos A Confissão de Pedro (8.27-33) Nesse trecho do seu evangelho, Marcos relata um momento íntimo de Jesus com os seus discípulos onde Ele perguntou sobre o que eles tinham ouvidos falar dele. Eles disseram que uns diziam que Ele era João Batista que ressuscitara dos mortos, outros que Ele era Elias, e outros que Ele era um dos profetas de Israel. Aí Jesus perguntou o que eles discípulos achavam dele. Então Pedro tomando a palavra pelo grupo disse que Ele era o Cristo, o Messias prometido no Antigo Testamento. Em seguida Jesus os advertiu para não divulgarem isso entre o povo. Depois, Jesus revelou para eles a razão principal da sua vinda a este mundo, que fora oferecer a sua vida em sacrifício pela Igreja e para isso Ele seria morto na cruz, mas que ressuscitaria ao terceiro dia. Depois dessa revelação, Pedro o tomou à parte e tentou dissuadi-lo disso. Então Jesus o repreendeu na presença de todos, dizendo: “Retira-te de mim Satanás; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas as coisas que são dos homens” Mc 8.33. Desse episódio extraem-se as seguintes lições: 1) Só se pode confessar que Jesus é o Cristo pela ação do Espírito Santo. Mateus esclarece melhor esse assunto (Mt 16.15-17); 2) Mesmo em comunhão com Deus como Pedro estava é possível o crente ser usado pelo inimigo. Pedro tentou desviar Jesus da cruz, que era o principal motivo da vinda de Jesus a este mundo. Pr. Eudes Lopes Cavalcanti

Nenhum comentário: