sábado, 27 de maio de 2017

CRISTO NA BÍBLIA - OBADIAS (O MESSIAS PROMETIDO)

CRISTO NA BÍBLIA OBADIAS – O MESSIAS PROMETIDO Obadias, cujo nome significa servo do Senhor (o mesmo que Onésimo do Novo Testamento), profetizou em Jerusalém. Essa profecia tem como objeto único e exclusivo o reino de Edom. Edom é o mesmo que Esaú irmão de Jacó. Já é do nosso conhecimento a história de Esaú e Jacó, irmãos gêmeos e filhos de Isaque e Rebeca. Sabemos que Esaú nascera primeiro e por direito a primogenitura era sua. Sabemos ainda que por um prato de lentilhas vendera a sua primogenitura a Jacó. Sabemos também que Jacó tomara enganosamente para si a bênção do patriarca Isaque que pertencia a Esaú. Temendo ser morto por seu irmão, Jacó fugiu para Harã e lá se casa com as duas filhas de Labão, Lia e Raquel. Depois de bastante tempo os irmãos se encontram e se reconciliam pela graça de Deus. Só que essa reconciliação e o perdão dispensado por Esaú não fora digerido pelos seus descendentes, que tinham se organizado em nação numa terra fronteiriça a Israel. Quando Israel estava na sua fase final da caminhada para conquistar Canaã os edomitas proibiram que eles passassem pela estrada real obrigando Israel a fazer um desvio. Deus proibira que Israel guerreasse contra Edom. Ao longo da história desses dois reinos, os edomitas foram inimigos ferrenhos do povo de Deus, sempre aproveitando as oportunidades para pilhar o território israelita, e foi esse um dos contextos da profecia de Obadias. O livro de Obadias se detém somente no juízo divino sobre Edom. É o menor dos livros proféticos. Quanto a Cristologia não há nenhum texto que trate do assunto a não ser a inferência de que Deus como Juiz julgaria os edomitas varrendo-os da face da terra. Sabemos pelo Novo Testamento que ao Filho de Deus, Jesus Cristo, fora entregue pelo Pai todo o juízo (Jo 5.22). Jesus é o grande Juiz do universo. O juízo sobre Edom como nação no passado foi um juízo em que o Filho de Deus desempenhou o seu papel, o que ocorrerá no futuro juízo escatológico quando os edomitas serão julgados, cada um, pelo Supremo Juiz. Pr. Eudes Lopes Cavalcanti

Nenhum comentário: