terça-feira, 10 de outubro de 2017

CRISTO NA BÍBLIA - COLOSSENSES (CRISTO, A ESPERANÇA DA GLÓRIA)

CRISTO NA BÍBLIA (Pr. Eudes) COLOSSENSES – CRISTO, A ESPERANÇA DA GLÓRIA Tudo indica que a Igreja de Colossos, cidade grega, próximo a Éfeso, foi fundada pelo ministério de longo alcance do apóstolo Paulo, que passou três anos em Éfeso, fazendo com que os habitantes da Ásia Menor tomassem conhecimento do Evangelho de Cristo (At 19.10; 20.31). Segundo os estudiosos bíblicos, Paulo nunca visitou aquela Igreja em suas viagens missionárias. Ele escreveu para os Colossenses a fim de combater uma heresia que grassava na Igreja, heresia essa que era cheia de sincretismo religioso, pois misturava ensinos bíblicos, tradições judaicas extrabíblicas e filosofias pagãs, que solapava a centralidade de Cristo. A carta também foi escrita com o propósito de realçar a pessoa e a obra de Cristo, e para revelar a verdadeira natureza da nova vida nEle. O Senhor Jesus nessa carta é retratado como a imagem do Deus Invisível, a plenitude da Deidade em forma corporal, humana, e o Criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis, e a cabeça da Igreja e a fonte suficiente da nossa Salvação. Quanto a “Cristo em vós, esperança da gloria” (1.27) esse tema trata da habitação de Cristo no cristão genuíno através da pessoa do Espirito Santo. Essa habitação de Cristo no cristão condiciona todo o seu viver e se evidencia numa conduta cristã sadia que glorifique a Deus dentro do lar, da Igreja e no mundo. Paulo faz um apelo a Igreja de Colossos para que viva a vida cristã alicerçada na suficiência completa de Cristo, por ser esse o único meio para um progresso espiritual sadio, que redunde na glória de Deus bem como na expectativa de glória proveniente da habitação de Cristo na vida do crente, neste mundo e na eternidade. Pr. Eudes Lopes Cavalcanti

Nenhum comentário: